Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TORTO E A DIREITO

UM BLOGUE SEM PÉS NEM CABEÇA, A TRECHOS LÚCIDO, CONTUDO, TRANSLÚCIDO...MODÉSTIA À PARTE

A TORTO E A DIREITO

UM BLOGUE SEM PÉS NEM CABEÇA, A TRECHOS LÚCIDO, CONTUDO, TRANSLÚCIDO...MODÉSTIA À PARTE

O BOATO

o boato1.png

Embora se aguarde, com alguma expectativa, uma confirmação oficial ou pelo menos oficiosa, tudo leva a crer que, em suposta reunião efectuada durante a semana passada, à porta fechada, na cervejaria Trindade (estava um calor do caraças e o pessoal ia cheio de sede), os comandos da Guarda Nacional Republicana (GNR), Polícia de Segurança Pública (PSP) e director do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) tenham proposto o actual Ministro da Administração Interna (MAI), Eduardo Cabrita, para a candidatura ao Prémio Nobel, não se sabendo ainda de quê.

Os presidentes da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) não se pronunciaram porque, na altura, ainda se encontravam a gozar umas merecidas férias nas Seychelles. Afinal, aqui tão perto; era só darem um saltinho, cambada de comodistas!
A Liga dos Bombeiros Portugueses, (LBP), pela voz do seu presidente, Jaime Marta Soares, já veio a público contestar esta proposta por a considerar escandalosa por via de algumas declarações infelizes do ministro, entre as quais destaco a seguinte: "A época de incêndios está a correr bem". Com efeito, isto são frases que chocam qualquer pessoa. Eu, como qualquer pessoa, fiquei chocado, palavra! Todavia, toda a gente também sabe que o JMS é um homem do contra, por isso não conta.
Na votação, após muitas canecas de cerveja e marisco do Eusébio, Eduardo Cabrita teria batido aos pontos os seus mais directos competidores, nomeadamente o Ministro das Finanças (MF), Mário Centeno, o Ministro do Ambiente e da Transição Energética (MATE), João Pedro Matos Fernandes e a Ministra da Saúde (MS), Marta Temido.
Não obstante ter-se encontrado facilmente um candidato, parece não haver um consenso geral (lógico, senão não era consenso) quanto ao Prémio Nobel a que Eduardo Cabrita se deverá candidatar, como referi.
Os delegados sindicais do Corpo de Intervenção da PSP, a despeito da força dos seus argumentos, não teriam logrado impor a tese segundo a qual o notável ministro se deveria candidatar ao Prémio Nobel da Paz.
No entanto, o comando da PSP, à margem da posição divergente dos elementos do sindicato, inclinar-se-ia para o Prémio Nobel da Física, devido à personalidade multifacetada do candidato. Isto, apesar de um dos seus representantes ter afirmado: "Não sabemos o que é a física, mas soa-nos bem."
A GNR que tinha apresentado, a princípio, a proposta de candidatura ao Prémio Nobel da Pecuária, acabaria por recuar para uma proposição "mais sensata", segundo o porta-voz da corporação que concluiu: "Se o andidato fosse o apoulas Santos, vá ue não vá! Assim, pensamos ue o Prémio Nobel da uímica assenta ue nem uma luva ao nosso ministro. Questionado sobre a razão da escolha desta opção, respondeu: "orque sim, prontos!", despedindo-se com aprumo e alguma altivez, batendo a pala e as botas (não confundir com a expressão inglesa "kick the bucket" q'isso é outra coisa) altas nas pedras da calçada do quartel do Carmo.
Finalmente, o SEF, defendendo uma posição de compromisso, propôs o ministro da tutela para o Prémio Nobel da Língua Estufada, já que EC seria, na opinião do director da instituição, "Um vernáculo representante e continuador da língua de Pina Manique."

Mas, como disse inicialmente, por enquanto isto não passa de um mero boato.

Como é consabido, Diogo Inácio de Pina Manique foi Visconde de Manique do Intendente que, no seu tempo, já era um bairro mal afamado. Contudo, não vou adiantar mais nada sobre o assunto, dado que viria a despropósito. Bem, só mais uma achega:

Dona Maria Pia, que nunca escondera a enorme devoção ao seu intendente-geral da polícia, mandou exumar o seu corpo, depois de morto e enterrado, para confirmar se não tinha ficado com olhos de carneiro mal morto. Para certificar o acto, na presença do Bispo Auxiliar de Lisboa, cujo nome é irrelevante para a estória, tiveram que lhe puxar pela língua e constataram que, para além de comprida, tinha a língua morta. Enfim, superstições, misticismos e outros desvarios do espírito humano, naturais naquela época e carecidos de razão, à luz do racionalismo cartesiano (agora esmerei-me). Graças a Deus que os tempos mudaram!

Mais sobre mim

foto do autor

NOTA MUITO IMPORTANTE

O AUTOR DESTE BLOGUE ESTÁ-SE A MARIMBAR PARA O ACORDO ORTOGRÁFICO!

ESPREITADELAS

hitwebcounter

FLORES DE MAIO

Mensagens

JAZZ COM BIFANAS

O SEU A SEU DONO

Se, neste blogue, houver lugar à existência de qualquer violação de direitos de autores de obras intelectuais, agradeço que me contactem através de joaoratao1@sapo.pt (ou aqui), por forma a poder corrigir a situação. Obrigado.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Comentários recentes

  • Anónimo

    Bocage in "O Bordel Português"Saudações cordiais

  • Anónimo

    Faz-nos pensar que, aqui e ali, ainda se vão encon...

  • Anónimo

    Faz lembrar essa grande quadra de autor desconheci...

  • Anónimo

    Eu ia dizer - que f.... da ..... de texto tão rico...

  • João Ratão

    Pois, com certeza, nem refuto!

Pesquisar